2014 será um ano peculiar no assunto feriados

Pros que adoram feriados (quem não adora?), 2014 será um ano peculiar: um excelente 1º semestre e um péssimo 2º semestre. Note que no primeiro semestre não há nenhum feriado em final de semana e há inclusive um feriadão em abril com feriados caindo na sexta e na segunda. Já no segundo semestre, com exceção do Natal, todos os feriados caem em finais de semana.

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) mantém uma base com os feriados bancários de cada município brasileiro. No site da Febraban é possível consultar qualquer estado ou município. Veja por exemplo os feriados do DF em 2013:

  1. 01 de janeiro (quarta) - Dia Mundial da Paz
  2. 03 de março (segunda) - Carnaval
  3. 04 de março (terça) - Carnaval
  4. 18 de abril (sexta) - Sexta-Feira da Paixão
  5. 21 de abril (segunda) - Tiradentes
  6. 01 de maio (quinta) - Dia do Trabalho
  7. 19 de junho (quinta) - Corpus Christi
  8. 07 de setembro (domingo) - Independência do Brasil
  9. 12 de outubro (domingo) - Nossa Srª Aparecida
  10. 02 de novembro (domingo) - Finados
  11. 15 de novembro (sábado) - Proclamação da República
  12. 30 de novembro (domingo) - Dia do Evangélico (apenas DF, Lei Distrital n° 893/1995)
  13. 25 de dezembro (quinta) - Natal

No último dia útil do ano (31 de dezembro, quarta), também não há expediente bancário aberto ao público.

A CCT - Convenção Coletiva de Trabalho - para nosso setor, negociada entre SINDIATACADISTA e SINDECAT, substitui o feriado do “Dia do Evangélico” pela segunda feira de Carnaval. Dessa forma, o comércio atacadista do DF fecha na segunda de Carnaval e funciona normalmente no dia 30 de novembro, diferente das agências bancárias do DF.

Ilustrações ao invés de imagens

Com o aumento do suporte dos browsers às ilustrações, o monopólio das imagens chapadas em todas as aplicações será um pouquinho abalado. A tendência é que seja cada vez mais comum a aplicação de ilustrações em logomarcas e outros tipos de gráficos com capacidade de escalar com perfeição, desde telas de pequenos dispositivos até telões Full HD 1080p ou ainda maiores.

O padrão aberto para esse formato de arquivo é o SVG (Scalable Vector Graphics ou Gráficos Vetoriais Escaláveis). Dos browsers atualmente em uso, Internet Explorer 8 (e anteriores) e Android 2.3 (e anteriores, incluindo meu telefone) não dão suporte. Eu sempre uso o excelente site caniuse.com para ver como está a adoção de uma tecnologia pelos principais navegadores antes de me aventurar: http://caniuse.com/#feat=svg

Vejam dois exemplos com a nova logomarca da ...

FIESP atualiza Cartilha de Documentos Eletrônicos – SPED para 37ª versão

Seguindo uma vocação natural dos sócios fundadores, a ocupação (porque não negócio?) da CRUCIAL.com.br está cada vez mais voltada para informação. Além disso, um bom relacionamento com o estado é fundamental para longevidade de qualquer empresa. Isso é ainda mais verdade em nosso caso, onde parte do faturamento vem de licitações públicas.

Esse relacionamento gera MUITA informação. São notas fiscais eletrônicas, arquivos SPED e vários outros documentos físicos e eletrônicos. Esta informação deve ser gerada e posteriormente gerenciada, sempre com foco na qualidade dos dados. Grande parte dessas informações são então úteis na gestão do nosso negócio.

Para nos mantermos informados sobre o IMENSO universo tributário e regulatório brasileiro, procuramos documentos e estudos que facilitem o acesso a informação. Assim, acompanhamos a evolução da "Cartilha de Documentos Eletrônicos - SPED", mantida pela FIESP. O objetivo do documento é esclarecer as dúvidas do seu público alvo: as indústrias de São Paulo. Mesmo que, como no nosso caso comércio atacadista de produtos de informática o objetivo do leitor não seja atender às necessidades de uma indústria paulista, a leitura na íntegra do documento ou ainda sua utilização como referência pode ser de grande valia.

Segundo a FIESP, o documento traz informações atualizadas até maio de 2013, possuindo o importante aval da Secretaria de ...

Negócio versus “Business”

A palavra negócio tem origem latina formada por nec e otium (sem ócio). “Aportuguesando” um pouco mais, seria a negação do ócio. Otium não era uma palavra ruim. Apenas representava a utilização do tempo livre para alguma atividade não remunerada. Negócio então seria fazer algo em troca de remuneração, assim nec otium = não sem remuneração ou com remuneração. Num contexto atual, ócio não se relaciona com este significado de atividade sem remuneração, mas sim com “folga”, “repouso”, “preguiça”, “falta de trabalho”. No dicionário Michaelis é inclusive citado como antônimo de “ocupação”.

Business, por outro lado, vem do inglês arcaico bisignes que significava ...

Veja como o Brasil ficou no índice "The Web Index" de 2012

WEBINDEX 2012

O índice "The Web Index" foi criado pelo inventor da Web, Sir Tim Berners-Lee e é publicado anualmente pela World Wide Web Foundation.

O índice é uma métrica multi-dimensional de utilização da Web e seu impacto nas pessoas e nações. Cobre 61 países desenvolvidos e em desenvolvimento, incorporando indicadores políticos, econômicos e sociais de impacto da Web, bem como indicadores de infraestrutura de conectividade e do uso em si.

Veja alguns fatos sobre o Índice 2012 recém publicado:

 

Geral

  • Suécia lidera o índice, seguida pelos Estados Unidos e Reino Unido;
  • Iêmen é o último, precedido pelo Zimbábue;
  • O Brasil está em primeiro lugar ...