FIESP atualiza Cartilha de Documentos Eletrônicos – SPED para 37ª versão

Seguindo uma vocação natural dos sócios fundadores, a ocupação (porque não negócio?) da CRUCIAL.com.br está cada vez mais voltada para informação. Além disso, um bom relacionamento com o estado é fundamental para longevidade de qualquer empresa. Isso é ainda mais verdade em nosso caso, onde parte do faturamento vem de licitações públicas.

Esse relacionamento gera MUITA informação. São notas fiscais eletrônicas, arquivos SPED e vários outros documentos físicos e eletrônicos. Esta informação deve ser gerada e posteriormente gerenciada, sempre com foco na qualidade dos dados. Grande parte dessas informações são então úteis na gestão do nosso negócio.

Para nos mantermos informados sobre o IMENSO universo tributário e regulatório brasileiro, procuramos documentos e estudos que facilitem o acesso a informação. Assim, acompanhamos a evolução da "Cartilha de Documentos Eletrônicos - SPED", mantida pela FIESP. O objetivo do documento é esclarecer as dúvidas do seu público alvo: as indústrias de São Paulo. Mesmo que, como no nosso caso comércio atacadista de produtos de informática o objetivo do leitor não seja atender às necessidades de uma indústria paulista, a leitura na íntegra do documento ou ainda sua utilização como referência pode ser de grande valia.

Segundo a FIESP, o documento traz informações atualizadas até maio de 2013, possuindo o importante aval da Secretaria de ...

e-CNPJ e e-CPF emitidos pela AC CAIXA reportam incorretamente como revogados

Na quarta-feira, 25/5/2011, não conseguimos enviar nosso livro fiscal eletrônico de apuração do ICMS para a Secretaria de Fazenda do DF. No dia seguinte, desconfiados do serviço da SEFAZ/DF, tentamos a transmissão diversas vezes durante o dia, todas sem sucesso.

Mais tarde, descobrimos que o problema estava em nosso certificado e-CNPJ, emitido por uma das autoridades certificadoras da Caixa Econômica Federal, a AC CAIXA PJ. O certificado estava sendo considerado revogado pela maioria dos serviços do governo em geral. Testamos com o e-CAC da Receita Federal e Agenci@Net da SEFAZ/DF:

O nosso certificado é do tipo A3, foi emitido em 2009 e seria válido até 2012, caso ...

FIESP atualiza cartilha sobre SPED

Cartilha FIESP sobre SPEDO departamento jurídico da FIESP - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - atualizou sua "Cartilha de perguntas e respostas sobre Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e SPED", de dezembro de 2009 (99 páginas). Agora o documento é mais abrangente e se chama: "Cartilha de Documentos Eletrônicos SPED (NF-e, EFD, EFD-PIS/COFINS, ECD, CT-e, CF-e e MDF-e)".

O objetivo do documento é esclarecer as dúvidas do seu público alvo: as indústrias de São Paulo. Mesmo que, como no nosso caso - comércio atacadista de produtos de informática, o objetivo do leitor não seja atender a necessidade de uma indústria paulista, a leitura na íntegra do documento ou ainda sua utilização como referência pode valer a pena. Segundo a FIESP, o documento traz informações atualizadas até maio de 2011, possuindo o importante aval da Secretaria de ...

2ª geração da Nota Fiscal Eletrônica

A NF-e versão 2.0 já está no ar para a maioria das UFs. A versão 1.1 poderá ser utilizada até 31 de março de 2011 (antes era 31/12/2010, mas a data foi adiada pelo Ato COTEPE/ICMS nº 36, de 24 de novembro de 2010).

Veja alguns impactos desta segunda geração:

  • Utilização de webservices diferentes da versão 1.1. Como dito, já estão disponíveis para maioria das UFs;
  • A chave de acesso da NF-e continua ...

Ecofont: uma fonte ecológica que economiza tinta e ajuda o planeta

A idéia da fonte ecológica é muito simples: fazendo-se "buracos" no desenho da fonte a leitura no papel continua viável. De fato, com tamanho 12 no papel, só percebe a diferença quem presta atenção. Na tela fica um pouco estranho, mas, pelos benefícios, dá pra se acostumar.

Você pode baixar gratuitamente a fonte Ecofont Vera Sans e instalar conforme as instruções do site. Com esta pequena atitude, segundo os inventores, a economia de toner ou tinta pode chegar a até 20%.

O nosso DANFE (documento auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) foi composto com esta fonte. Imagine que, mesmo que a economia fique em 10%, em cada 1000 DANFEs que imprimimos em nossa impressora laser, em 100 o toner é de graça. Se muita gente adotar esta prática, o planeta agradecerá!

Outra maneira é usar o recém lançado software Ecofont. Ele custa 15 euros, mas você não estaria mais limitado à fonte acima. Ele faz os buracos em qualquer fonte que você escolher e pode ser usado diretamente a partir do Microsoft Word por exemplo.

Se ainda tem dúvidas, teste este documento de exemplo da Ecofont em pdf (106,54 kb) no papel para ver com seus próprios olhos se a qualidade do produto final é aceitável ou não.