Cabo DVI não é tudo igual!

Hoje encontramos dificuldades para atender a entrega de cabos DVI macho x DVI macho que vendemos em uma licitação. O motivo básico foi que não conhecíamos a grande variedade de conexões disponíveis dentro do padrão DVI. 

O padrão VESA inicial é o VGA (conhecido também como RGB), que é puramente analógico. A evolução desse padrão foi o DVI, que se subdivide em diversos padrões:

  • DVI-A: 12 + 5 pinos; como o VGA, suporta somente sinal analógico, dá pra identificar por vários pinos "faltando" e ainda ter 2 pinos acima e 2 pinos abaixo do pino longo;
  • DVI-D single link: 18 + 1 pinos; suporta somente sinal digital; é o mais comum de acompanhar os monitores LCD, pois suporta a maioria das resoluções e frequências comuns. Dá pra identificar facilmente também porque parece "banguela", faltando 6 pinos bem no centro;
  • DVI-I single link: 18 + 5 pinos; suporta sinal digital e analógico; indentifica-se por ser "banguela" e ainda ter 2 pinos acima e 2 pinos abaixo do pino longo;
  • DVI-D dual link: 24 + 1 pinos; suporta somente sinal digital, mas em resoluções e frequências maiores que o DVI-D single link;
  • DVI-I dual link: 24 + 5 pinos; suporta sinal digital e analógico, mas em resoluções e frequências maiores que o DVI-I single link;
A evolução do DVI já existe em dois formatos: HDMI e o recente DisplayPort. O HDMI tem 5 tipos de conectores (Type A-E) e está na especificação mais recente na versão 1.4. O DisplayPort já está aparecendo em algumas placas de vídeo e monitores mais modernos.
A figura abaixo que achamos no Google Images, ajuda a deixar a parte do VGA e DVI mais clara:

 

blog comments powered by Disqus